Artigos

Fundação Matias Machline celebra 32 anos e anuncia investimentos para 2019

A Fundação Matias Machline comemorou 32 anos de fundação em solenidade realizada na última quinta-feira, 14, no campus da instituição, Distrito Industrial de Manaus. Durante o evento, a Digitron da Amazônia, atual mantenedora da fundação, anunciou mais investimentos e aumento de vagas para alunos em 2019.

O diretor da Digitron da Amazônia, Sung Un Song, disse que em 2019 a instituição, que oferece ensino médio gratuito em Manaus, alcançará um número histórico de alunos matriculados. “A Fundação é um projeto social muito importante, com 95% dos alunos estudando gratuitamente. Para 2019, a transformação será grande: vamos atingir mil alunos, um recorde histórico, e o orçamento deve subir 20%”, disse.

Sung Un Song explica ainda que a ideia é mudar o perfil fechado da Fundação Matias Machline, que sempre dependeu de um só mantenedor. “Hoje, a Fundação se vê como um patrimônio da cidade e da população, não de uma empresa. Ela vai se tornar muito mais transparente e mais voltada para os alunos da rede pública, com oportunidades iguais para todos”, garante Song.

Sobre a Digitron

A empresa conta com infraestrutura de ponta para a fabricação e distribuição de placas-mãe e discos rígidos para computadores em todo o  Brasil. Com uma equipe de 1.350 colaboradores, a companhia conta com uma média de 10 mil revendas ativas e 15 distribuidores com abrangência nacional. É a primeira fabricante no mercado nacional de produtos que seguem o padrão vigente na União Europeia que não permite a entrada, em seu território, de produtos eletrônicos que contenham metais nocivos ao meio ambiente. Entre suas certificações, estão ISO 9001, ISO 9002, ISO 14001, OHSAS 18001, PPB e ANATEL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

#header-bar { z-index: 3000; } body { font-size: 120%; }