IMG-20170525-WA0036.jpg
Sem categoria

Amazonas e Rondônia assinam protocolo de intenções que fortalecerá região sul do Estado

O Secretário de Produção Rural do Amazonas, Dedei Lobo, esteve em Ji-Paraná, município do estado vizinho de Rondônia na manhã desta quarta-feira (24) onde participou da 6ª Rondonia Rural Show, que na oportunidade assinou o ”Protocolo de Intenções” que celebrou a cooperação técnica entre os dois estados Amazonas e Rondônia e deve ser direcionado prioritariamente a região de fronteira do sul do Amazonas.

O Protocolo de Intenções, firmado entre Amazonas e Rondonia contou com a assinatura e participação do governador Confúcio Moura, e disse a imprensa presente, que esta cooperação entre os dois estados, é de extrema importância para a região de fronteira dos dois estados, Confúcio Moura parabenizou o governador do Amazonas, neste ato representado pelo Secretário de Estado da Produção Rural Dedei Lobo, o governador rondoniense acrescentou ainda, que o estado do Acre também participará do protocolo, pois, também tem fronteira com Rondônia e Amazonas.

Confúcio Moura encerrou suas palavras, dizendo que, a cooperação técnica e a troca de experiência entre os estados, só trarão resultados positivos, para todos os lados.
Dedei Lobo agradeceu as palavras do governador de Rondônia, retransmitiu o abraço fraterno do governador de seu estado, dizendo que o fortalecimento da cadeia produtiva gerada pelos agricultores do sul do Amazonas, “É um passo importante para a liberação das fronteiras agrícolas e pecuárias do Amazonas”.

Dedei Lobo, parabenizou o governador Confúcio Moura pela realização da 6ª edição do Rondônia Rural Show ressaltando que a força do estado rondoniense no setor primário é meta do sistema SEPROR durante sua gestão, e que já pontuou a assinatura do protocolo, como o início de uma nova etapa no setor primário do Amazonas, concluiu.

A 6ª edição da Rondônia Rural Show iniciou, nesta quarta-feira (24), em Ji-Paraná, sob sol forte, produtores de variados segmentos, industriais, comerciantes, artesãos, pesquisadores, estudantes e operários nem perceberam que estavam vivenciando um momento especial. “Fazemos algo diferente, bonito e exemplar. Queremos mostrar que o Brasil pode começar por aqui”, definiu o governador Confúcio Moura sobre o evento.

A capital do agronegócio, como o município de Ji-Paraná é conhecido pelos seus moradores, recebe, durante a feira, representantes de diversos países, da indústria de equipamentos agrícolas, de sementes, defensivos agrícolas, de eletrificação rural, enfim, de tudo o que se relaciona com o homem do campo.
Pelos quase 600 estandes estão expostos produtos que interessam ao agropecuarista, por exemplo, além de técnicas que potencializam a produção ou que acrescentam qualidade.

#header-bar { z-index: 3000; } body { font-size: 120%; }