IMG_0449.JPG
Sem categoria

Pauderney defende a vinda do ex-procurador Marcelo Miller na Comissão de Tributação

 

A Comissão de Finanças e Tributação aprovou hoje o convite ao ex-procurador da república, Marcelo Miller, para prestar esclarecimentos sobre o seu verdadeiro envolvimento no acordo de colaboração premiada firmado entre o Ministério Público Federal e dirigentes do grupo J&F.

O deputado Pauderney Avelino (AM) defendeu a aprovação do requerimento, proposto pelo deputado Carlos Melles (DEM- MG) e assinado por todos os líderes na comissão, enfatizando que a lei está acima de todos. “Não podemos tapar o sol com a peneira. Se houve flagrante ilícito em pleno exercício do mandato de procurador, que por sinal é uma carreira de Estado das mais bem pagas no país, o povo brasileiro precisa saber disso”, argumentou o parlamentar. 

Marcelo Miller está sendo acusado de ter ajudado os executivos da J&F a filtrar informações, escamotear fatos e provas, e inclusive ajustar depoimentos – quando ainda era procurador e sem o conhecimento de seus superiores. Ou seja, fez um jogo duplo ao atuar na Procuradoria Geral da República e no escritório de advocacia que atendia aos interesses do grupo empresarial investigado.

#header-bar { z-index: 3000; } body { font-size: 120%; }