Produtos da agricultura familiar continuam chegando nas escolas de Benjamin Constant | Coluna Aconteceu - Marcelo Guerra

Produtos da agricultura familiar continuam chegando nas escolas de Benjamin Constant

22/08/2017 às 13h08

A Prefeitura de Benjamim Constant através da secretaria de agricultura e secretaria de educação vem garantindo os 30% no mínimo de direito dos agricultores familiares dentro do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Os produtos oriundos da agricultura familiar do município continuam chegando aos alunos da rede municipal de educação com segurança nutricional e garantia de uma alimentação saudável aos alunos, a exemplo da comunidade ribeirinha de Santa Luzia, localizada na Ilha do Aramaçá, fornece hoje duas toneladas de melancis para as escolas.

O Prefeito Municipal David Bemerguy vem potencializando, fortalecendo e subsidiando o setor através de suas ações de acordo com o Plano de Governo Novos Ciclos. “Sonho com um setor primário forte e sustentável, nossos primeiros meses foi de conhecer nossa realidade, identificar as problemáticas e potencialidades, após isso demos início ao processo. Primeiro com uma assistência técnica especializada e que está chegando as famílias. Hoje temos na secretaria de Agricultura um engenheiro agrônomo, médico veterinário, técnicos agrícolas e assistentes. Temos programas subsidiando os agricultores, formando acordos de parceria técnica com as instituições e projetos. Temos pessoas a frente com grande capacidade profissional e técnica que garante a à implantação dessas ações. E a aquisição dos produtos da agricultura familiar é exemplo disso, estamos garantindo que os agricultores possam vender sua farinha, banana, ovos, laranja e hortaliças. Fico muito feliz quando vejo a melancia, nesse caso, chegando nas escolas, produto esse que ano passado não chegou devido à falta de assistência e pragas/doenças, mas agora desde janeiro solicitei a equipe da secretaria que queria ver os alunos comendo de sobremesa melancia produzida aqui. E hoje está aí o resultado. Monitoramos as pragas e doenças com os parceiros e estamos garantindo a compra”, afirmou.

Mais de 50 mil reais de pagamento direto na conta bancária de cada produtor foi realizado esta semana. Os agricultores familiares emitem a nota fiscal de produtor para a prefeitura e recebem o comprovante de depósito.

Para o próximo ano com a meta de reativação da piscicultura e meliponicultura local a intenção é fornecer aos alunos filé, almôndegas e hambúrguer de peixe, além do mel e geleias de cupuaçu e maracujá, em substituição a manteiga.
Semana passada foram entregues banana, macaxeira, coentro, ovos, couve e melancia nas escolas com acompanhamento do Prefeito David, dos vereadores Lucas Félix e Maria Nogueira, da secretária de educação Antônia Rodrigues e secretária de agricultura.
O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) em Benjamin Constant funciona com o apoio do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal do Amazonas (IDAM), através do gerente local Eliandro Ribeiro Reinaldo e do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (IFAM), Campus Tabatinga.

ASCOM/Prefeitura BC

Leia mais


19/11/2017 - 15:52
A SUFRAMA encerrou neste domingo (19) sua participação no Salão Duas Rodas 2017, que estava ocorrendo em São Paulo (SP), no Centro de Exposições São Paulo Expo, desde segunda-feira (13).
14/11/2017 - 19:14
A diretoria do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas (SJP/AM) ingressou na segunda-feira, 14 de novembro, junto a Justiça do Trabalho no Estado com uma Reclamatória...
14/11/2017 - 12:43
Foi lançada oficialmente na tarde desta segunda-feira (13/11), a Campanha Natal Solidário 2017. Com o tema: Um Natal Para Todos é Cristão, é Ser Humano e Juntos Podemos Mais!, a ação visa arrecadar...
13/11/2017 - 18:51
A famosa "malemolência" ou preguiça baiana, na verdade, não passa de racismo, segundo concluiu uma tese de doutorado defendida na USP. A pesquisa que resultou nessa tese durou quatro anos.

Coluna Aconteceu - Portal do Holanda