Artigos

CAS aprova investimentos de R$ 1,7 bilhão na última reunião do ano, em RR

A celebração de acordos de cooperação técnica e avanços na articulação de ações visando à redução de desigualdades regionais foram destaques da 301ª Reunião Ordinária do Conselho de Administração da Suframa (CAS), ocasião na qual também foi aprovada uma pauta com 22 projetos industriais e de serviços, que somam investimentos totais de aproximadamente R$ 1,7 bilhão e preveem a geração de 832 postos de trabalho nos próximos três anos. A reunião ocorreu na manhã desta sexta-feira (3), no auditório do Fórum Advogado Sobral Pinto, na Praça do Centro Cívico, em Boa Vista (RR), e representou o último encontro do Conselho neste ano.

O evento foi presidido pelo secretário especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Alexandre Da Costa, e contou com a participação do superintendente da Suframa, Algacir Polsin, do governador de Roraima, Antonio Denarium, do governador de Rondônia, Marcos Rocha, do prefeito de Boa Vista, Arthur Henrique, e de demais autoridades e personalidades ligadas à classe política e empresarial da região Amazônica.

Celebração de acordos

A reunião foi marcada pela celebração de acordos entre a Suframa e instituições públicas de Roraima com o objetivo de aprimorar a operacionalização de serviços e atividades desenvolvidas pela Autarquia, bem como incentivar o ecossistema de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) local.

O primeiro acordo foi o termo de cessão de gozo e uso gratuito à Prefeitura de Boa Vista de um galpão industrial situado no terreno da antiga Coordenação Regional da Suframa em Boa Vista, localizado no bairro de São Vicente. A expectativa é de que o galpão, com área construída de 1.531 metros quadrados, sedie futuramente as instalações do Hub de Inovação de Roraima.

Em seguida, foi assinado o Acordo de Cooperação Técnica com a Junta Comercial do Estado de Roraima (JUCERR), pelo qual a Suframa recebe acesso ao banco de dados da entidade, a fim de otimizar os procedimentos de cadastro de empresas na Área de Livre Comércio de Boa Vista  (ALCBV).

Houve, ainda, a assinatura de acordo entre a Suframa e o governo de Roraima visando à implantação de uma Zona de Desenvolvimento Sustentável (ZDS) no Estado.

Balanço

Durante a reunião, o superintendente Algacir Polsin também fez um balanço das principais atividades desenvolvidas pela Autarquia em 2021, destacando, principalmente, o papel da Suframa na articulação de iniciativas de desburocratização e facilitação do ambiente de negócios. “O Conselho de Administração da Suframa aprovou, em 2021, quase 180 projetos industriais, com expectativa de geração de 13.724 postos de trabalho e projeção de faturamento adicional de US$ 17,7 bilhões em até 3 anos”, afirmou. “Além disso, destaca-se também a chegada ao Polo Industrial de Manaus (PIM) de 40 fábricas em dois anos e a previsão de faturamento do PIM, neste ano, da ordem de R$ 140 bilhões, com cerca de 102 mil empregos diretos gerados. São números bastante representativos”, complementou.

Após detalhar as entregas e realizações de 2021, Polsin também citou ações que serão realizadas no próximo ano em parceria com o governo federal e outros entes públicos e privados, tendo como intuito principal  contribuir para a execução de projetos fomentadores do desenvolvimento sustentável na região.

Entre essas ações, o superintendente destacou a licitação de 267 lotes no Distrito Agropecuário da Suframa e de 14 lotes na Área de Expansão do Distrito Industrial de Manaus; o início do georeferenciamento do DAS; a implantação do projeto turístico “Zona Franca de Portas Abertas”; a participação na EXPODUBAI (em março de 2022); o prosseguimento das ações de implantação da ZDS Abunã-Madeira e da ZDS Roraima; e o lançamento do edital para a gestão do Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA).

Prestígio

O governador de Rondônia, Marcos Rocha, salientou que sua presença no evento foi principalmente em reconhecimento à atuação da Suframa na região. “Fiz questão de vir a esse evento, saindo de Rondônia para Roraima, um estado vizinho que, por conta da malha viária, torna-se distante, para prestigiar o bom trabalho desenvolvido pela Suframa”, frisou.

O governador de Roraima, Antônio Denariun, também elogiou a gestão da Suframa e expressou votos para a manutenção do atual comando por um longo período, tendo em vista a potencialização da parceria entre a Autarquia e o governo estadual para o desenvolvimento sustentável roraimense.

No encerramento da reunião, o secretário especial Carlos Da Costa destacou o compromisso do governo federal com o modelo Zona Franca de Manaus. “Quero reforçar que, no que depender do atual governo, ninguém irá tocar na Zona Franca de Manaus, que, na verdade, é de toda a Amazônia”, pontuou.

Calendário

Os conselheiros também aprovaram o calendário de encontros para o próximo ano de trabalho, o qual prevê seis reuniões ordinárias: 24 de fevereiro (Manaus/AM); 28 de abril (Macapá/AP); 23 de junho (Manaus/AM); 18 de agosto (Rio Branco/AC); 20 outubro (Manaus/AM) e 07 de dezembro (Porto Velho/RO).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.