Sem categoria

Comando Militar da Amazônia comemora os 72 anos da Tomada de Monte Castelo

Screenshot_20170222-131150.png

Os 72 anos de um dos maiores feitos do Exército Brasileiro durante a Segunda Guerra Mundial, a Tomada de Monte Castelo, foi comemorada com uma formatura especial no campo de parada do Comando Militar da Amazônia (CMA), na manhã de hoje.

A solenidade, presidida pelo Comandante da ALA-8, Major-Brigadeiro do Ar Waldeísio Ferreira Campos, iniciou-se às 8h e teve como convidado ilustre o pracinha da Força Expedicionária Brasileira (FEB),  o Sr. Francisco Soares, 94 anos, que lutou na conhecida Batalha de Monte Castelo, na Itália, em 1945. A cerimônia contou com a participação de aproximadamente 500 militares que representaram as 25 Organizações Militares do Exército sediadas em Manaus.

A escola municipal General Sampaio prestigiou a formatura com a participação de 30 alunos que cantaram, juntamente com a tropa, o Hino dos Expedicionário.  “Para as crianças, poder participar de uma formatura e desfilar para as autoridades militares é um privilégio”, disse a Diretora da escola, Andrea Colás.

TOMADA DE MONTE CASTELO

A Batalha de Monte Castelo (ou Monte Castello) foi travada ao final da Segunda Guerra Mundial, entre as tropas aliadas e as forças do Exército Alemão, que tentavam conter o seu avanço no Norte da Itália. Esta batalha marcou a presença da Força Expedicionária Brasileira (FEB) no conflito.

A batalha arrastou-se por três meses, de 24 de novembro de1944 a 21 de fevereiro de 1945, durante os quais se efetuaram seis ataques, com grande número de baixas brasileiras devido a vários fatores. Quatro dos ataques não tiveram êxito, por falhas de estratégia.