caminhada alerta

Em Tefé, Prefeitura promove campanha de mobilização para enfrentamento do Aedes Egypti e seus agravos

Como parte das estratégias de combate ao Aedes aegypti nas áreas consideradas prioritárias para o planejamento e intensificação de ações de controle do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa)  Senhora de Fátima

Na manhã desta quarta-feira, 27, profissionais de saúde da Unidade Básica de Saúde (UBS) Maíra Fachinni, realizaram uma caminhada referente a campanha de mobilização para enfrentamento do Aedes Egypti e seus agravos, no município. O Aedes Aegypti é o mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Durante a caminhada, os participantes percorreram pelas ruas do bairro de Nossa Senhora de Fátima, local assistido pela UBS Maíra Fachinni, com parada na Escola Nossa Senhora de Fátima. No percurso, os moradores eram abordados pelas equipes mobilizadoras, e recebiam panfletos e orientações para prevenção e combate ao Aedes.

Já na escola, a organização realizou atividades lúdicas para crianças do maternal ao pré escolar, que consistia em ensinar e desenvolver uma horta vertical domiciliar.

“Essa ação faz parte de uma iniciativa que tem sido realizado em conjunto com diversos parceiros, dentre eles, a educação. Isso é importante, pois quanto mais mobilização e expansão houver dessa ideia, mais pessoas serão alcançadas e poderão agir no enfrentamento ao Aedes Aegypti e seus agravos”, disse Larisha Moriz, Coordenadora do CEGEST.

Diversos núcleos, coordenações e parceiros participaram da ação: Agentes do IMTRANS, Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), Setor Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (SEMASC) e Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Cultura (SEMEEC).

“A caminhada pelo bairro é uma estratégia para chamar a atenção dos moradores para que cada um faça a sua parte no combate ao Aedes aegypti, mas também realizamos um trabalho de conscientização e de informação com comunidade sobre as formas de eliminação dos focos do mosquito”, explicou a coordenadora técnica responsável, lembrando que o mesmo trabalho será reforçado em outros bairros de Tefé classificados em Alta Vulnerabilidade.

As ações de combate ao mosquito incluem atividades como visitas domiciliares por agentes de endemias para ações de Educação em Saúde, eliminação de focos do mosquito, controle vetorial e o fortalecimento da estratégia 10 Minutos contra o Aedes, orientando a população de que são necessários apenas 10 minutos por semana para fazer uma checagem rápida no imóvel, verificando a existência de criadouros do mosquito.

+++++++

Fotos: Augusto Souza/Afonso dos Prazeres/Augusto Gomes/semcom

Texto e Revisão: Augusto Gomes/Rodrigo Martins/semcom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.