Sem categoria

Prefeito Padre Carlos de Maués é afastado por supostos desvios de 23 milhões de reais da previdência municipal

3(32).jpg

MAUÉS *** URGENTE

O prefeito municipal da cidade de Maués (AM), Padre Carlos Góes (PT) acaba de ser afastado pela Câmara Municipal de Maués por 11 votos a 4. A decisão foi tomada em função dos supostos desvios da previdência municipal na ordem de R$ 23 milhões de reais.

Segundo o vereador Luizinho Canindé (PMN), há outros motivos para o afastamento do prefeito que, após perder as eleições de 2 de outubro, tem realizado demissões em massa, contratações irregulares por periodos que ultrapassam o término do seu mandato,  e a não aplicação dos recursos federais do FUNDEB, como também a não prestação de contas dos recursos obtidos dos repasses do ICMS Estadual, além de outros programas constitucionais.

“A cidade vive um caos. E agora, com seu afastamento, precisamos ir a fundo na capitalização de informações reais, visto que ele (o prefeito) sonega informações a equipe de transição de governo. Um descalabro”, disse o vereador Luzinho Canindé reeleito nas últimas eleições. 

Como Maués não possui vice-prefeito – o eleito em 2012 renunciou na metade do mandato – assume a prefeitura a atual presidente da câmara, vereadora Ana De Carli, que não foi reeleita para a próxima legislatura.

Nas ruas de Maués, nesse momento, explodem vários rojões e foguetes em comemoração ao afastamento do padre prefeito Carlos Góes que se notabilizou por realizar  festas nababescas.

Ano passado, o prefeito petista contratou um dos cachês mais altos do Brasil para comemorar a Festa do Guaraná. Na época, a artista Cláudia Leite pousou em Maués em seu jato particular CITATION Phenon XR , e o show custou cerca de 600 mil reais, segundo foi divulgado à epoca.

Ana De Carli assume a prefeitura por exatos 18 dias, quando finda o mandato do atual prefeito. Para o vereador Luizinho Canindé o padre prefeito Carlos Góes  “termina o mandato de forma melancólica; nossa Maués não merecia isso”, disse o parlamentar.

“É o fim de um ciclo. Ou, como se diz em latim, SIC TRANSIT GLORIA MUNDI( A Glória do Mundo Material é Transitória ), finalizou o vereador Luizinho Canindé lembrando que o prefeito padre é teólogo e deve conhecer a expressão latina.

***