Municípios

Secretário que cuida do abastecimento de água em Apuí faz desabafo e faz acusações ao prefeito

O diretor do SAAE, Sistema Abastecimento de Água e Esgoto de Apuí (AM), Nilceu Rossi Leonel, fez um desabafo público em suas redes sociais e disse que o prefeito Roque Longo está cerceando a população ao direito básico de possuir água potável em suas residências.

O desabafo tem repercutido bastante na cidade Apuí (AM), distante 453 km de Manaus em linha reta, através de grupos de redes sociais , cuja pauta (falta de água) é um dos principais anseios da população que há anos clama por água em suas torneiras.

Nilceu Rossi disse que o prefeito “mandou retirar os registros da caixa de água do hospital e também retirou o abastecimento da bomba do rodeio onde era os únicos lugares que muitos buscavam água”, afirmou em trecho de sua carta aberta a população de Apuí publicada em suas redes sociais.

Segundo o vereador oposicionista Roberto Braga (PSD), o problema no abastecimento de água em Apuí sempre é debatido exaustivamente nas sessões plenárias da Câmara de Vereadores sem nunca ter uma resposta objetiva por parte do prefeito.

Conforme o vereador, a cidade padece de poços artesianos, de falta de uma política pública honesta no que concerne a abastecimento de água em Apuí e questionou ainda quando que a prefeitura irá rever essa situação, investir em novos equipamentos, uma vez que os utilizados hoje estão sucateados.

– Como fica um espaço comercial que tem que ter água no banheiro e no chuveiro, moradores que não possuem condições de fazer poços artesianos e a prefeitura falando que está prestando um bom atendimento. O prefeito Roque longo é prefeito pela terceira vez e sempre com a promessa de fazer investimentos, trazer qualidade e melhoria no sistema de abastecimento e infelizmente todo dia tem reclamação. O sistema está sucateado e quem paga o preço é a comunidade que não tem nenhum abatimento no final do mês. Quero chamar a atenção novamente da prefeitura municipal que se atenha a essas necessidades e que possa fazer os trabalhos necessários – disse o vereador à reportagem.

O vereador disse ainda que somente com a presença do vice governador Carlos Almeida Filho, que esteve em Apuí neste final de semana para prestigiar a 32ª EXPOAP, que nos foi prometido a ampliação da rede de abastecimento de água, uma demanda antiga do povo de Apuí e que agora o governo do amazonas decide nos ajudar sendo que o prefeito Roque Longo nunca priorizou água em Apuí, disse Roberto Braga.

Veja a íntegra do desabafo do gestor do Serviço de Abastecimento de Água Municipal:

Boa tarde a todos!

Venho aqui prestar o meu respeito e esforço e colaboração que eu tive junto a minha equipe de trabalho (sistema de abastecimento de água).

Quero informar aos senhores que não me adaptei a forma de trabalho que o senhor Prefeito vinha impondo a nossa equipe… Tendo pouca atenção no setor como falta de bombas sobressalentes e outros além dos mal tratos e tamanha ignorância… Nesses últimos dias foram religados mais 3 poços artesiano (novos) e também ajudei a projetar a separação de setores que são os bairros Morena e Centro que antes eram interligados, pois a postura do sr Prefeito que ordenava a gente fazer coisas que não combina com a população.  Vou citar só 2 coisas mandou retirar os registros da caixa de água do hospital e também tirou o abastecimento da bomba do rodeio onde era os únicos lugares que muitos buscavam água. isso me doeu muito e falei e bati o pé q não era certo aquilo…além de outras absurdas que o prefeito impõe aos meninos fazerem que são totalmente ao contrário que se faz para se ter um abastecimento razoável.

Então contudo isso e como a nossa renumeração era muito baixa resolvi sair… então peço desculpas a todos a agradeço a todas pessoas que sempre intenderam e reconhecia o nosso esforço. abraços a todos…