Municípios

Tefé em destaque no Previne Brasil – 5° lugar no ranking do Ministério da Saúde

Ministério da Saúde acaba de divulgar as notas do Previne Brasil e dos municípios do Amazonas que atigiram média acima de 8.0. Tefé se destacou e alcançou o 5° Lugar no Ranking. Entre os 62 municípios do Amazonas, apenas 8 alcançaram a média acima de 8.0. Tefé atingiu a média 8,17 exibindo os resultados das ações estratégicas promovidas SEMSA

O prefeito de Tefé, Nicson Marreira, celebrou os resultados e destacou que os avanços do município neste setor refletem o compromisso da gestão em ofertar os melhores serviços à população e também ao envolvimento das equipes da Estratégia Saúde da Família e de Atenção Básica, que executam os serviços na ponta. “Para isso, temos aprimorado nossas ferramentas de planejamento, com o uso de tecnologia para o registro mais preciso e a análise sistemática de dados, e temos investido na valorização do servidor”, observou.

O ISF é a média do desempenho obtido nos sete indicadores do Previne Brasil, que contemplam as áreas de saúde da mulher, pré-natal, saúde da criança e doenças crônicas. Além de avaliar a qualidade dos serviços de atenção primária oferecidos aos usuários do sistema público, os resultados obtidos por cada município são utilizados como base de cálculo para o financiamento das ações de saúde.

Entre os 62 municípios do Amazonas, apenas 8 alcançaram a média acima de 8.0. A cidade de Tefé atingiu a média 8,17 exibindo os resultados das ações estratégicas promovidas SEMSA, que garantem a qualidade dos serviços oferecidos na Atenção Básica. Dentre os indicadores avaliados pelo programa estão: o pré-natal, a saúde da mulher e da criança, além das doenças crônicas.

As avaliações positivas dos municípios são resultados concretos e comprovam a eficiência do trabalho da Atenção Básica.

“Os Profissionais da ESF (Estratégia de Saúde da Família) estão de parabéns pelo ótimo empenho e dedicação aos serviços prestados”, destacou Lecita Marreira, secretária de Saúde.

A avaliação é feita a cada quatro meses e considera a proporção de: gestantes com pelo menos seis consultas de pré-natal, sendo a primeira realizada até a 12ª semana de gestação; de gestantes com exames para sífilis e HIV; de gestantes com atendimento odontológico realizado; de mulheres com coleta de exame citopatológico na APS; de crianças de 1 anos de idade vacinadas com a pentavalente e contra a poliomielite; de pessoas com hipertensão, com consulta e pressão arterial aferida no semestre; e de pessoas com diabetes e hemoglobina glicada solicitada no semestre.

O Ministério da Saúde estabeleceu que resultados acima de 7 na média desses indicadores e garantem aos municípios o Selo de Qualidade em Atenção Primária à Saúde. “Tefé segue avançando ficando entre as 5 cidades que mais atende em Atenção Básica no Amazonas e nosso desafio é seguir no topo do ranking”, garantiu a  secretária.

+++++++

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.